21 de julho de 2022

EUA aprova a venda de BVRAAM AIM120 a Noruega

O Departamento de Estado Americano aprovou uma possível venda militar estrangeira (FMS) ao governo da Noruega de um lote de mísseis ar-ar AIM-120C-8/D AMRAAM (Advanced Medium-Range Air-to-Air Missile) de médio alcance e equipamentos relacionados por um valor estimado custo de US$ 950 milhões.
28 de julho de 2022

Kuwait compra lote de arma para os Typhoons

O Departamento de Estado Americano aprovou uma potencial Venda Militar Estrangeira (FMS — Foreign Military Sales) ao Governo do Kuwait de Armas em Apoio ao Programa de Aeronaves Eurofighter Typhoon a um custo estimado de US$ 397 milhões. A Defense Security Cooperation Agency (DSCA) entregou a certificação necessária para notificar o Congresso sobre esta possível venda, que precisará aprovar a mesma.
2 de agosto de 2022

Japão compra 150 mísseis AIM-120C-7/C-8

O Departamento de Estado aprovou uma possível venda militar estrangeira (FMS — Foreign Military Sales) ao governo do Japão de mísseis ar-ar de médio alcance AIM-120C-7/8 (AMRAAM — Advanced Medium Range Air-to-Air Missiles) e equipamentos relacionados para um custo estimado de US$ 293 milhões.
11 de agosto de 2022

USAF avalia disparos de AIM-120 feitos pelo F-15EX

Engenheiros e analistas da divisão AFOTEC (Air Force Operational Test & Evaluation Center) — Detachment 6 foram até as BasesAéreas de Eglin e Tyndall AFB, ambas na Flórida, para obter resultados dos disparos de mísseis Raytheon AIM-120D e AIM-120C3 realizados como parte do Programa de Avaliação do Sistema de Armas (WSEP — Weapons System Evaluation Program), conduzido pela 53th Wing de Eglin. Esses disparos realizados em 25 de janeiro de 2022 mostraram como o F-15EX pode ser empregado no teatro de operações BVR (Beyond Visual Range) fornecendo o contexto necessário para o Destacamento 6 verificar sua capacidade de combate.
17 de setembro de 2022

Raytheon: novo lote de AIM120 por US$ 972,2 milhões para a USAF

Oficiais do U.S. Air Force Life Cycle Management Center da Eglin AFB, na Flórida, anunciaram um pedido de quase um bilhão de dólares no dia 8 de setembro para a aquisição de um lote do míssil Raytheon AIM-120D AMRAAM (Advanced Medium-Range Air-to-Air Missile).